8
Entreverdes e aventuras

Trekking Vale do PatiChapada Diamantina

Roteiro de 8 dias 7 noites
Dificuldade Moderado
Pacotes a partir de R$ 3.654,00

Sobre Chapada Diamantina

A Viagem

Considerada uma das mais belas travessias do Brasil, o vale do Pati é uma extensa área cercada de montanhas e extensas áreas planas, repleta de cachoeiras e belezas naturais exuberantes. A região durante muito tempo foi utilizada para o plantio de café, pelo eu solo fértil, diferente de muitas outras regiões afetadas pelo garimpo de diamantes. Após a criação do Parque os poucos nativos que permaneceram no Vale se adaptaram ao crescente turismo na região e hoje são nossos pontos de apoio para pernoites, com deliciosas refeições e muita simpatia e hospitalidade, além do apoio fundamental em qualquer situação de emergência.

O Trekking no Vale do Pati é uma experiência completa para quem deseja uma imersão profunda na Natureza conhecendo e respeitando seus riscos, além de ter a oportunidade de experimentar um pouco do modo vida local e se inspirar com a simplicidade da vida no Pati.

Imperdível!! Você tem que ver.

Morro do Pai Inácio

Morro do Pai Inácio

+
Ver mais
Vale do Capão

Vale do Capão

+
Ver mais
Vale do Pati

Vale do Pati

+
Ver mais
Cachoeira dos Funis

Cachoeira dos Funis

+
Ver mais
Gruta do Castelo

Gruta do Castelo

+
Ver mais

Roteiro

Todos os dias uma nova experiência

Uma das mais belas travessias do Brasil e do Mundo!

1º dia

Origem / Lençóis

Receptivo no aeroporto ou rodoviária de Lençóis e traslado até a pousada / hotel. Pernoite em Lençóis.

Hospedagem em pousada
Traslado aeroporto / hospedagem
2º dia

Morro do Pai Inácio / Vale do Capão

Saída as 8:30h. Trajeto de carro até o início da trilha. A caminhada é plana a maior parte do tempo, com incríveis vistas do Morro do Pai Inácio, morro do Camelo e as serras do Mucugezinho e dos Cristais. Chegando ao Morrão, ponto de parada obrigatório para o lanche e um relaxante banho nas piscinas naturais de Águas Claras. A trilha segue até o Vale do Capão, encontrando o carro de apoio, terminando o dia na vila do Capão. Lanche de trilha. Pernoite em pousada no Vale do Capão.

* Carro: 30 minutos pela manhã (Estrada), e 30 minutos após a trilha (off-road).
* Caminhada: 14 km, trilha boa e plana na maior parte, com um pequeno declive no meio do trajeto onde é necessário cruzar um rio. Nas primeiras horas, a vegetação é um pouco mais fechada e a altura das pernas, sendo o uso de uma calça uma boa opção principalmente para as mulheres.
* Banho: nas piscinas naturais de Águas Claras.

Hospedagem em pousada
Café da manhã
Lanche de trilha
3º dia

Cachoeira da Fumaça

Roteiro de caminhada, saindo as 8:30. Trajeto de carro em direção ao inicio da trilha nos Campos. De lá, começamos a caminhada de 6Km até o topo da Cachoeira da Fumaça (2km subida / 4km plano). Lanche de trilha no visual do cânion de 400m de altura, com vista de cima da maior cachoeira do país em queda livre. Retorno pelo mesmo trajeto e visita a Cachoeira do Riachinho, retornando a vila ao final da tarde. Lanche de trilha. Pernoite no Vale do Capão.

* Carro: 40 minutos total no dia para deslocamentos dentro do Vale do Capão.
* Caminhada: 12km total (6Km cada trecho). 2Km de subidas sobre degraus de pedra,os últimos 4km em terreno plano.
* Banho: na cachoeira do Riachinho.

Hospedagem em pousada
Café da manhã
Lanche de trilha
4º dia

Capão / Vale do Pati

Saída da pousada as 08:30h e pequeno traslado até o início da trilha ainda dentro do Capão. A primeira parte da caminhada é a subida do Bomba até o gerais do Vieira, com o visual incrível do Vale do Capão, seguindo com a travessia dos Gerais do Vieira e do Rio Preto, duas áreas planas extensas, de cerca de 14 km. Parada para lanche no Mirante, curtindo o visual da Serra da Lapinha e do Morro do Pati. Finalizamos o dia com a descida da Rampa, chegando a casa do primeiro morador nativo. Alimentação completa. Pernoite em casa de nativos.

* Carro: 2 h até o começo da trilha, incluindo trecho de 1 h em estrada de terra.
* Caminhada: 23 km com longos trechos planos pelos gerais, duas subidas, uma no início, mais difícil, e uma segunda no meio do trajeto, mais leve. No final da caminhada uma descida bem íngreme exige atenção e cuidado por todos os participantes. A descida da Rampa tem trechos muito expostos a altura, pedras soltas e locais onde é necessário usar as mãos para auxílio, por isso fundamental estar com as mãos livres e descer devagar e com muito cuidado. O dia termina na casa de um dos nativos, para pernoite.
* Opcional: caso deseje reduzir a caminhada desse primeiro dia é possível iniciar a trilha pela vila do Guiné, onde encurtamos em torno de 7 km de caminhada.

Hospedagem em casa de morador
Café da manhã
Jantar
Lanche de trilha
5º dia

Cachoeira do Funis / Gruta do Castelo

Saída pela manhã, em direção ao Rio Funis, onde iniciaremos nossa caminhada mais técnica, quase toda pelo leito do rio, passando por incríveis cachoeiras e poços, até a Cachoeira dos Funis. Após a parada para banho e lanche, seguimos pata a segunda parte do dia. Faremos uma trilha subindo a Serra da Lapinha para visitar a Gruta do Castelo, uma enorme gruta de quartzito localizada no topo, onde é possível atravessá-la e apreciar a vista do outro lado do vale. Ao final da tarde, chegada na casa do próximo morador. Alimentação completa Pernoite em casa de nativos

* Caminhada: 15 Km. O primeiro trecho (6km) é todo feito pelo Rio Funis.Há pedras escorregadias, é necessário atravessar o rio algumas vezes e pode ser necessário pisar na água, dependendo do nível dor rio. O segundo trecho é uma trilha de subida íngreme até a Gruta do Castelo, no topo da Serra. Nos últimos trechos da trilha, há a necessidade do uso das mãos, para auxiliar na subida. Em geral, os grupos demoram cerca de 1:30 até o cume, num trajeto de quase 3Km. Em caso de chuvas fortes, ou dias seguidos de chuva, a visita ao Castelo deve ser evitada, considerando-se a dificuldade de se caminhar sobre as pedras molhadas no topo, e a trilha com lama, bem escorregadia na descida. Uma trilha bastante técnica e que exige atenção dobrada.
* Gruta: No topo da serra, uma travessia curta num trajeto amplo de 300m e lanternas são necessárias caso o guia decida atravessar com o grupo (de acordo ao perfil dos participantes). Após a saída da gruta já no mirante existe exposição em altura e caminhada sob pedras precisando usar as mãos para auxiliar. É muito importante que todos os equipamentos individuais (agasalho, maquina, água,lanterna,medicamentos,repelente, protetor solar, capa de chuva) estejam dentro da mochila e as mãos livres durante toda a caminhada.

Hospedagem em casa de morador
Café da manhã
Jantar
Lanche de trilha
6º dia

Cachoeirão por Cima

Após o café da manhã, caminhada em direção a vista de cima do Cachoeirão, uma das maiores atrações do Pati. O imponente cânion de 300m de altura com várias quedas de água chegando a quase 20, na época de chuvas, de onde podemos avistar a parte do Pati de baixo de um ângulo diferente e único durante a caminhada. Parada para lanche e banho, e retorno ao Vale ao final da tarde. Alimentação completa. Pernoite em casa de nativos.

* Caminhada: 18 km. Menos exigente que o dia anterior, há uma subida no início da caminhada, mas a maior parte do trajeto é plana até o Cachoeirão. O grupo pode curtir o visual de perto do cânion, na área de segurança, que o guia determinar. O retorno é pelo mesmo caminho.
* Banho: há um bom poço para banho e lanche, pouco antes da cachoeira, mas que pode secar em determinadas partes do ano.

Hospedagem em casa de morador
Café da manhã
Jantar
Lanche de trilha
7º dia

Vale do Pati / Guiné / Lençóis

No último dia de caminhada, 18 km atravessando os Gerais do Rio preto, terminando a expedição no povoado do Guiné. Há uma boa subida no início do dia, mas o resto do trajeto e plano, com uma parada para lanche e banho no Rio Preto. O último trecho da trilha é a descida pelo Morro do Beco, chegando ao Guiné, com o visual do fim de tarde na Serra do Esbarrancado. Ao final, traslado de carro até Lençóis. Alimentação completa ( exceto jantar em Lençóis). Pernoite em Lençóis

* Caminhada: 18 km. Há uma íngreme subida no início do dia (a mesma descida, ao final do segundo dia de trilha) e o resto da trilha segue plana, pelo gerais do rio Preto. Dependendo das chuvas, há a necessidade de pisa na água para atravessar o rio, ou até mesmo o auxílio de cordas. No final da caminhada a descida mais íngreme exige atenção dos participantes.
* Banho: no Rio Preto.

Hospedagem em pousada
Café da manhã
Lanche de trilha
8º dia

Lençóis / Origem

Despedida e traslado até o aeroporto ou rodoviária de Lençóis.

Traslado aeroporto / hospedagem
Café da manhã
12º40'33" S, 41º29'9" W

Morro do Pai Inácio

Datas e Preços

Opções de acordo com a sua disponibilidade.

 

Informações gerais

Consulte-nos para outras opções de hospedagens.

Os valores e disponibilidades descritos neste site estão sujeitos a alterações. Confirme datas e valores com nossos consultores.

O roteiro acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos ou demais fatores que possam interferir na segurança dos participantes.

Menores desacompanhados terão que apresentar carta dos pais feita em próprio punho e com firma reconhecida em cartório.

As tarifas aéreas estão sujeitas a constantes mudanças. Certifique-se do valor no dia do pagamento do seu pacote. Somente a emissão do passagem garante a tarifa.


Cancelamento

Em caso de cancelamento por parte do passageiro, serão abatidos os valores referentes à taxa administrativa e a multa de cancelamento da companhia aérea, e sobre o valor restante pago incidirão as seguintes taxas de cancelamento que serão rigorosamente cobradas:

Parte terrestre:
- Cancelamento até 30 dias do início da viagem: multa de 10% do valor total.
- Cancelamento entre 29 e 21 dias do início da viagem: multa de 20% do valor total.
- Cancelamentos com 20 ou menos dias do inicio da viagem: percentuais superiores aos acima referidos, desde que correspondentes a gastos efetivamente comprovados pela agência perante a EMBRATUR, efetuados em decorrência da desistência do usuário.

Parte aérea:
- Taxa ou multa de cancelamento cobrada pelas Companhias Aéreas para os bilhetes em questão.

12º40'33" S, 41º29'9" W

Travessia do Pati

O que levar

Necessário, somente o necessário.

Não deixe que nada atrapalhe sua viagem, e nem pese demais! Se tiver dúvidas do que levar, conte conosco para te orientar e indicar as melhores roupas e equipamentos.

Equipamentos

  • Mochila de ataque (pequena)
  • Cantil / Garrafa para água

Vestuário

  • Tênis ou botas pré-amaciados, com solado aderente
  • Meias de trekking
  • Calça de trekking
  • Bermuda
  • Camisetas
  • Jaqueta Anorak
  • Chinelo
  • Óculos de sol
  • Roupa de banho

Cuidados Pessoais

  • Repelente de insetos
  • Protetor solar
  • Protetor labial
  • Toalha para banho pequena
  • Medicamentos tomados regularmente

Eletrônicos

  • Máquina fotográfica
  • Lanterna

Galeria de fotos

Somente uma prévia do que você verá.

O que achou do nosso roteiro?
Ficou com alguma dúvida?

Estamos a disposição para lhe orientar na escolha do melhor roteiro,
e tornar sua viagem inesquecível.